Projeto leva cores e profissionalização às unidades prisionais cearenses

21 de agosto de 2013

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará e a Tintas Hidracor, lançam nesta quinta-feira (22), às 10 horas, o Projeto Cores da Liberdade, ação visa à qualificação e profissionalização em pintura de mão de obra de 250 detentos em 10 unidades de privação provisória de liberdade cearense.

O lançamento será realizado na Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), quarta unidade a receber o projeto, com a capacitação em pintura de mais 25 pessoas. O projeto está sendo executado na Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba, na Casa de Privação Provisória de Liberdade I (CPPL I) e no Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa (IPF) e resulta em uma pintura nova para vivências e corredores da unidade, executado pelos próprios internos.

O projeto Cores da Liberdade é uma parceria entre a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) e Hidracor que visa profissionalizar 25 presos em cada estabelecimento prisional da Região Metropolitana de Fortaleza. Ao todo serão 250 apenados beneficiados com curso de pintura, ampliando para toda a comunidade carcerária impactada com a nova atmosfera que as cores darão às unidades. O Cores da Liberdade tem foco na promoção da reinserção social, a pacificação das vivências e melhoria na autoestima dos aprisionados, sendo capitaneado pela Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e Egresso (Cispe) da Sejus.

Cada apenado, ao terminar o curso, recebe o certificado e um kit pintura, composto por instrumento de trabalho para iniciar a carreira como pintor.
Além da educação direcionada em pintura imobiliária, o projeto traz novas cores às áreas comuns, pois a prática do curso ministrado pela Hidracor e Sejus se dará dentro das unidades. As novas cores promoverão o bem estar no ambiente antes marcado pelo cinza e preto, para além da limpeza, renovação e proteção das paredes e grades. O projeto conta com o apoio da empresa Pincéis Atlas que reforça a parceria entre as iniciativas pública e privada.

“A Hidracor, uma empresa genuinamente cearense que completa 50 anos em 2013, tem como valor a crença que o homem pode fazer a diferença, por isso investe em projetos que o engrandecem a empresa enquanto agente social produtivo. Esperamos que o Projeto Cores da Liberdade ultrapasse o limiar de negócio da empresa e passe a gerar transformação na vida dos detentos, levando um pouco mais de cores às unidades prisionais e formando pessoas para o mercado de trabalho”, comenta David Emerson, gerente de Marketing da Tintas Hidracor.

A Sejus ressalta também a importância da capacitação profissional dos presos inseridos no programa. “A parceria é salutar porque cada preso que compõe o projeto receberá um kit profissional ao final do curso, o que permitirá trabalhar em um setor em franca expansão no mercado cearense. A intenção do Governo do Estado do Ceará é ofertar o maior número de programas e projetos na área de ressocialização, a fim de abranger os mais diversos segmentos e pessoas. Na visão defensorial que temos, enquanto houver uma só pessoa presa a ser resgatada e reinserida na sociedade, todas as tentativas devem ser na possibilidade de fazer esta reinserção”, confirma a secretária da Justiça e Cidadania do Ceará, Mariana Lobo. 

A Hidracor – Empresa do grupo J Macêdo que completa 50 anos de mercado, em 2013, com forte atuação na região Norte e Nordeste do país oferecendo um portfólio completo de tintas látex, esmaltes, texturas e complementes para pintura imobiliária.

 

Mais Informações:

HIDRACOR
David Emerson (Gerente de Marketing Hidracor) – davidemerson@hidracor.com.br
85 8147 0022
Mário Matos (Sup. de Mídia e Comunicação Hidracor) –
mariocesar@hidracor.com.br / tintashidracor@gmail.com – 85 8146 1192

 

21.08.2013

Coordenadoria de Imprensa da Sejus

Bianca Felippsen (85) 8878-8464 (coordenadora de Comunicação da Sejus)

Felipe Gonçalves (85) 9918-2655 email: ascom.sejus@gmail.com