Ceará é referência em gestão e investimentos em recursos hídricos no Brasil

26 de agosto de 2013

“Esse momento assinala a agilização das obras que vão permitir a universalização do acesso a água para todos os cearenses, de todos os municípios, de todas as comunidades através do Programa Água para Todos, e nisso o Ceará se destaca. Não só em fazer a melhor gestão de água, mas por todos os investimentos por parte do Governo do Estado nessa área”, discursou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante a solenidade de liberação de 151 Projetos de Abastecimento de Água do Programa Água para Todos, realizada nesta segunda-feira (26), no Palácio da Abolição. Na presença do Governador Cid Gomes, o ministro também reforçou o compromisso do Governo Federal com a parceria com o Estado para garantir que o Estado tenha recursos adicionais para atender as demandas dos municípios. Em setembro Fernando Bezerra deve voltar ao Ceará para visitar as obras do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) e assinar a ordem de serviço de mais trechos de implantação dessa obra.

O governador Cid Gomes aproveitou a ocasião para destacar as ações que estão sendo desenvolvidas e que vão garantir que ao final de 2014 o Ceará tenha seu acesso a água universalizado. Só na aplicação dos 151 projetos serão investidos mais de R$ 29 milhões, beneficiando cerca de 6.400 famílias de 58 municípios cearenses. “O evento de hoje marca só mais uma etapa de um grande projeto que tem como objetivo de assegurar a todas as famílias do Ceará uma fonte de água para sua sustentabilidade”, reforçou Cid Gomes. Além dos sistemas de abastecimento, diversas ações compõe esse projeto, como a instalação de cisternas e a construção de adutoras, barragens e açudes, com destaque para a construção do Cinturão das Águas (CAC). “O Cinturão foi pensando devido a necessidade de fazer a água circular por todo o Estado. Esse projeto vai se beneficiar da transposição do Rio São Francisco. Isso vai tornar o Ceará um estado resolvido em matéria de abastecimento água. Já somos referência no mundo devido as nossas experiências nesse setor e agora vamos fazer história. Mas do que isso, vamos efetivamente implantar aquilo que foi pensando para equacionar a falta d’água no nosso Estado”, comemorou o Governador.

Os esforços para diminuir os efeitos da estiagem no Ceará, que esse ano apontou como a maior seca dos últimos 55 anos, também passam por ações como a implantação de abastecimento através do Projeto São José III, perfuração de poços em localidades que não apresentam fonte de água, além da instalação de cisternas de placa. “Serão mais de 17 mil cisternas instaladas no Ceará até o final de outubro. O Governo vai realizar ainda esse ano a licitação para instalação de mais 19.380 cisternas.   Somados as outras ações até o final de 2014 o Ceará vai chegar a condição de universalização da água”, reforçou o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins.

 

Sobre o 151 Projetos de Abastecimento de Água

agua4As comunidades beneficiadas com os sistemas foram escolhidas através do comitê municipal, que é formado por representantes dos órgãos do Município, sindicato, Federação, Estado e Igreja. Os integrantes do comitê são formados 70% pela sociedade civil e 30% pelo poder público. Os 58  municípios que serão favorecidos com os projetos são: Acopiara (1), Amontada (5), Apuiarés (3), Ararendá (7), Aratuba (1), Assaré (1), Baixio (2), Banabuiú (2), Barbalha (2), Bela Cruz (1), Campos Sales (2), Canindé (3), Capistrano (1), Caridade (3), Caririaçu (4), Cariús (2), Cascavel (1), Catarina (4), Cedro (1), Choró (1), Crateús (3), Crato (3), Cruz (5), Frecheirinha (3), Guaraciaba (2), Iguatu (6), Independência (1), Itapajé (3), Itapiúna (2), Juazeiro (1), Lavras da Mangabeira (4), Martinópole (1), Massapê (6), Mauriti (1), Missão Velha (1), Mombaça (3), Mucambo (1), Mulungu (1), Novas Russas (2), Ocara (5), Pacatuba (2), Paramoti (3), Pedra Branca (1), Pentecoste (1), Quixelô (1), Quixeré (1), Redenção (1), Reriutaba (5), Russas (8), Saboeiro (5) Santa Quitéria (1), Santana do Acaraú (2), São Luís do Curu (6), Senador Pompeu (3), Sobral (1), Tabuleiro do Norte (3), Tauá (1) e Viçosa do Ceará (5).

Prestigiaram a solenidade o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), Zezinho Albuquerque; o secretário estadual da Fazenda, Mauro Filho; o presidente da Ematerce, José Maria Pimenta; os deputados Antônio Balman, Ilário Marques e Miriam Sobreira; o presidente da câmara de vereadores de Fortaleza, Walter Cavalcante; representantes de órgãos ligados a agricultura e abastecimento do Ceará e prefeitos dos municípios beneficiados.

 

26.08.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)