Agricultores que fornecem ao PAA Leite devem abrir conta em correspondente bancário

28 de Janeiro de 2014

Os agricultores rurais que produzem leite de vaca ou de cabra, e vendem o produto para o Programa Leite Fome Zero devem abrir conta no Banco do Brasil. O leite destinado ao PAA está sendo comprado a R$ 1,05 (um real e cinco centavos).

É que pelo novo convênio assinado entre o Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, e o Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Social e combate à fome, o pagamento da compra do leite deve ser feito diretamente para o agricultor familiar.

De acordo com o Secretário do Desenvolvimento Agrário Nelson Martins, o Governo tem recurso para atender até 100 mil famílias por dia, mas apenas 20 mil estão sendo beneficiadas: “só podemos pagar para os agricultores que tiverem as contas, caso contrário deixamos de comprar o leite e de atender mais famílias”, explica Nelson Martins.

Depois de abrirem as contas, os produtores devem comunicar o procedimento para que a informação entre no cadastro da Secretaria do Desenvolvimento Agrário. “ A partir daí, vamos identificar o produtor, a quantidade de leite vendida e vamos conseguir fazer o pagamento, mas sem a abertura da conta, não temos mais como pagar”, explica o supervisor do Núcleo de Ovinocaprinocultura da SDA, Antônio Nunes.

28.01.2014

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Lúcio Filho / Amanda Sobreira / Luana Matos ( asscom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105)

Twitter: @ImprensaSDA