Hospital Albert Sabin precisa da doação de leite materno

13 de Janeiro de 2015

O Banco de Leite Humano do Hospital Infantil Albert Sabin está com o estoque baixo e precisa mais uma vez da ajuda de mães que estejam amamentando. De acordo com a pediatra Erandy Souza, coordenadora do Banco de Leite, logo após feriados prolongados como as festas de fim de ano, é comum a redução da quantidade de doações; o que é inverso à quantidade de crianças hospitalizadas que precisam do leite humano para sobreviverem. “Atualmente, o número de doadoras está muito reduzido, em torno de 15 no momento. E para manter um bom estoque precisaria de pelo menos 50 doadoras”, diz.

São 34 crianças internadas em unidades de terapia de alto e médio risco no Albert Sabin. Destas, 15 dependem exclusivamente do Banco de Leite Humano. Tratam-se de meninos e meninas que estão em tratamento pós-cirúrgico, com baixo peso (inferior a 1kg), bebês prematuros e outros diferentes casos de crianças em situação grave de saúde. Por consequência do baixo estoque, é dada prioridade aos pacientes cuja dieta seja somente leite materno pasteurizado ou da própria mãe – caso ela esteja com seu bebê e produzindo leite.  Segundo Erandy, o consumo diário para atender a atual demanda é de 3 litros de leite materno, mas com o estoque baixo dá somente para garantir a dieta dessas crianças por mais cinco dias.

Como doar leite materno

O Banco de Leite Humano do Hospital Infantil Albert Sabin conta com uma equipe disponível, de segunda à sexta-feira, das 7 às 17h, para atender gratuitamente às mães com dúvidas sobre amamentação e àquelas que desejam saber como doar o leite materno. As mães podem ligar para o 0800-280.4169 e obter informações e orientações sobre como retirar, armazenar e doar o leite. A coleta do leite doado é feita gratuitamente em domicílio.

A maioria das mulheres que estão amamentando produz leite em excesso, especialmente do terceiro ao quinto dia após o parto. A produção do leite depende do esvaziamento da mama e, quanto mais a mulher esvazia as mamas, mais leite ela será capaz de produzir. Para estocar, podem ser utilizados vidros de café solúvel esterilizados. O leite deve ser conservado no congelador por até 10 dias. E caso seja descongelado, não pode ser congelado novamente.

Benefícios para a mãe e para o bebê

Na amamentação, os bebês recebem os anticorpos da mãe para proteção contra infecções, principalmente diarreia e pneumonia. O leite materno diminui ainda alergias e obesidade. Além disso, está relacionado ao desenvolvimento da inteligência do bebê. A amamentar também é importante para a saúde da mulher. O sangramento após o parto é menor, assim como os riscos de desenvolver anemia. A mulher também corre menos riscos de câncer de mama, ovário, e ainda de diabetes e infarto. Além da mulher, toda a rede familiar pode apoiar a amamentação.

Serviço:
Banco de Leite do Hospital Infantil Albert Sabin
Atendimento: Segunda à sexta-feira, de 7h às 17h
Rua Tertuliano Sales, 544-B – Vila União
Ligação gratuita: 0800 280 4169
blh@hias.ce.gov.br

 

13.01.2014

Assessoria de Comunicação do Hias
Helga Santos
(85) 3256-1574/ 9952-6742/ 8524-8942
imprensa@hias.ce.gov.br