Ensino Médio: Seduc poderá certificar maiores de 18 anos a partir dos resultados do Enem

16 de Janeiro de 2015

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 interessados em obter o certificado dessa última etapa da educação básica (1º ao 3º ano do ensino médio) e que indicaram a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) como instituição certificadora, deverão procurar um dos 32 Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas). As orientações a respeito da certificação estão na portaria do Inep nº 179/2014, órgão vinculado ao MEC, que também estabelece os seguintes critérios: ter 18 anos ou mais na data da realização da primeira prova do Enem; ter atingido o mínimo de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e o mínimo de 500 pontos na redação.

A iniciativa é destinada às pessoas que por algum motivo deixaram de concluir o ensino médio em idade adequada. Para o requerimento da certificação no Ceja, é necessário entregar cópia do RG, CPF, comprovante de endereço e uma foto 3×4.

Conforme Liliana Farias, técnica da Coordenação de Diversidade e Inclusão Educacional da Seduc, caso o aluno não tenha alcançado a pontuação necessária em todas áreas, poderá também solicitar uma declaração parcial de proficiência ao Ceja com a pontuação das áreas de conhecimento aprovado, avaliada pelo Enem. “De posse do documento, terá a opção de fazer a matrícula no próprio Centro para cursar apenas as disciplinas em que não conseguiu resultados satisfatórios” – explica Liliana.

 

Certificação

O MEC ampliou, a partir de 2009, os objetivos do Enem e incluiu esse tipo de certificação. A Seduc solicitou ao Conselho Estadual de Educação do Ceará autorização para realizar o procedimento nos Centros de Educação de Jovens e Adultos, dos quais nove estão na capital e 23 no interior.

 

16.01.2015

Assessoria de Imprensa da Seduc
Jacqueline Cavalcante – jacquelinec@seduc.ce.gov.br