Dia de São José: Camilo libera projetos produtivos para beneficiar agricultores em Quixeramobim

19 de Março de 2015

No Sertão Central, o sol brilhava no céu no dia de São José. Os rostos dos agricultores não escondiam a esperança de que o Padroeiro do Ceará mandaria chuva para o Estado. E enquanto ela não vem do céu, os moradores de Quixeramobim recebiam benefícios do Governo do Ceará para garantir a produção e qualidade de vida para a zona rural.

O governador Camilo Santana entregou  3,37 mil quilos de milho, 8,02 mil raquetes de palma forrageira, 196,730 quilos de sorgo forrageiro, 10.000 quilos de feijão guandu forrageiro e 50 quilos de sementes de gliricidia, todas pelo Projeto Hora de Plantar, executado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA). As novas quantidades de sementes do Projeto Hora de Plantar vieram de demanda da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce) e prontamente atendidas.

“Enquanto eu for governador não vai faltar água nem apoio à zona rural. Vamos buscar as parcerias necessárias para viabilizar as obras e os projetos que já estão acontecendo e continuaremos colocando entre as nossas prioridades”, afirmou o Camilo.

personagemEntre os beneficiados estava o agricultor Francisco Alves de Sousa, do município de General Sampaio, que recebeu raquetes de palma forrageira. “É uma iniciativa muito boa do Governo esse atendimento aos agricultores familiares, pois temos uma palma forrageira de qualidade para alimentar o nosso rebanho e melhorar a qualidade tanto da carne quanto do leite”, afirmou.

Também foram entregues 5 enciladeiras, 5 enfardadeiras, 5 segadeiras e 6 fatiadeiras em parceria com a Companhia Hidrelétrica São Francisco (Chesf) para atividades de pecuária, além de cisternas, quintais produtivos e assinatura de ordem de serviço de sistema de abastecimento de água do Programa Água para Todos, beneficiando 16 mil famílias.

camabraçoCamilo Santana também fez o lançamento do Plano Piloto Agropecuário de Ações Preparatórias e Relativas à Seca. O projeto é financiado pelo Banco Mundial, por meio do Projeto São José III. Segundo seu coordenador, Josias Farias Neto, o investimento supera os R$ 52 milhões, e vai criar uma estação agrometeorológica em Piquet Carneiro, que servirá de modelo para outros municípios. “Além disso, vamos iniciar os projetos de reuso de água inicialmente no Centro-Sul, mas que vão incentivar o consumo responsável da água, evitando o desperdício”, afirmou.

 

O governador reafirmou que o Estado precisa oferecer o suporte necessário para o desenvolvimento do campo. “Hoje, todos os municípios do Ceará estão recebendo ou um projeto produtivo, ou uma adutora, ou novos sistemas de abastecimento d’água, criando a infraestrutura necessária para garantirmos também aos municípios a condição de conviver com seca”, disse.

Estiveram presentes os secretários Dedé Teixeira (SDA), Francisco Teixeira (SRH) e Osmar Baquit (Pesca e Aquicultura), os prefeitos Cirilo Pimenta (Quixeramobim), e Expedito José do Nascimento (de Piquet Carneiro e presidente da Aprece), os deputados José Guimarães (federal) e Moisés Braz, Rachel Marques (estaduais), vereadores do município e diversas lideranças políticas do Sertão Central.

 

19.03.2015

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicaçã o@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898