Camilo Santana reabre o acervo da Biblioteca Pública do Estado do Ceará

23 de Abril de 2015

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), reabriu nesta quinta-feira (23) o acervo da Biblioteca Pública do Estado do Ceará, agora em novo local, o Espaço Estação, em um dos antigos galpões da RFFSA, ao lado da Estação João Felipe, no Centro de Fortaleza. O local integra as instalações da futura Pinacoteca do Estado do Ceará. Além disso, o governador Camilo Santana assinou a ordem de serviço para a reforma da Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel. Com muita festa a população cearense voltou a ter um local funcionando como grande fonte de conhecimento e cultura.

Recebido com uma encenação de “Romeu e Julieta”, clássico de William Shakespeare, por alunos do curso de Princípios Básicos de Teatro, do Theatro José de Alencar, e com uma apresentação da Banda de Sopro de Pindoretama, Camilo ressaltou a importância de manter o acervo à disposição dos cearenses. “São mais de 50 mil exemplares e, para não deixar a população esperando pela reforma da biblioteca, o secretário Guilherme Sampaio encontrou esse espaço. Os exemplares que não estão disponíveis podem ser consultados através de agendamento prévio. É uma ação importante para voltar a atender o povo cearense, os estudantes voltem a ter acesso ao material da biblioteca. Sem dúvida, esse é o primeiro passo de muitos. Viva a biblioteca, viva a leitura, viva a arte, viva a cultura!”, disse.

O governador visitou todas as instalações do Espaço Estação, falou com as crianças que assistiam à contação de histórias no espaço infantil, e revelou um momento em especial. “Fiquei emocionado ao ver os livros do meu avô, que faleceu há dois anos. Ele tinha várias estantes e, quando criança, eu e meu irmão brincávamos de se esconder entre elas. Minha avó fez a doação desses livros, muitos deles raros e, para mim, é um simbolismo muito forte”, contou.

O Secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, destacou a expectativa com o novo governo para a cultura e contou sobre o realização pessoal ao ver o projeto se tornando realidade: “O governo de Camilo Santana representa para nós, militantes da cultura, uma grande esperança. Uma sinalização objetiva que ao longo desses quatro anos teremos um caminho promissor no sentido de afirmação da política cultural. Todos que passaram por aqui sentiram boas energias. É movido por elas que vamos gerir o Estado. Esse momento é como o nascimento de um primeiro filho, pelo que expressa desde estética do prédio, mas sobretudo pelo o que vamos viver aqui, vamos ler aqui, vamos crescer aqui. Esse espaço é simples, mas ele tem compromisso, tem afeto. Em cada livro colocado aqui, tem um compromisso cultural com nosso Estado”.

unnamed 1A mistura de nostalgia emoção também tomou conta de Ranilson Rodrigues (foto), 53 anos, funcionário de limpeza da Biblioteca Pública há 22 anos. “Trabalho há 22 anos e para mim é como se fosse apenas há alguns dias. É de arrepiar! Esse prédio antes estava acabado e hoje está lindo. É importante para o jovem e para o adulto. Meus filhos, hoje adultos, nunca compraram livros pois sempre usaram os da Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel”, disse.

Participaram também da solenidade o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio; os deputados estaduais Elmano de Freitas e Rachel Marques; os vereadores Carlos Dutra e Paulo Diógenes; o secretário de Cultura de Fortaleza, Magela Lima; o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares; entre outras autoridades.

O local

O espaço acolherá mais de 50 mil títulos da Biblioteca Pública, que novamente serão colocados ao acesso da população, para consultas e estudo, com acesso gratuito. Com os títulos mais procurados pelos frequentadores da Biblioteca, salas de estudo, laboratório de informática e uma agenda cultural permanente, o “Espaço Estação” vem atender as demandas dos usuários da Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel, que atualmente passa por reforma geral, com investimento de R$ 9 milhões realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura.

Transferência do acervo

Dos 132 mil livros existentes na Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel, cerca de 50 mil serão disponibilizados para a população, durante o período em que o prédio passará por renovação de todas as instalações elétricas, hidráulicas e estruturais. Para que tudo fosse feito de forma rápida e organizada, as profissionais da Biblioteca separaram os livros na mesma sequência em que eles já estavam arquivados e catalogados, dessa maneira, ao chegar no Espaço Estação, bastou montar as estantes.

“Fizemos um trabalho de higienização e reorganização dos livros para deixar o prédio pronto para receber as obras”, detalha a diretora da Biblioteca Pública do Estado, Enide Vidal.

Ainda segundo Enide, estão sendo levados para o Espaço Estação 12 mil títulos infantis, 10 mil sobre o Ceará ou de literatura cearense, 13 mil de literatura geral, 10 mil obras gerais (referentes às áreas de conhecimento das grades escolares) e 2.500 volumes em braile. Também funcionará no local o Centro Digital do Ceará, que dispõe de dez computadores com acesso à Internet para pesquisas e trabalhos.

A coordenadora de Políticas do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas da Secult, Mileide Flores, reforça que a escolha pelo novo espaço integra um conjunto de ações no sentido de promover uma ocupação cultural daquela área da cidade. “Procuramos as associações, comunidades e entidades da região para apresentar o projeto e receber propostas para esta ação. Estamos todos muito animados”, relata.

Serviço

Espaço Estação – Acervo da Biblioteca Pública do Estado do Ceará
Endereço: Rua 24 de maio, nº 60, Centro (ao lado da Estação João Felipe)
Horário de funcionamento: 8h às 18h (segunda à sexta-feira) e 8h às 17h (sábados)

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem


Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / (85) 3466.4898