Cogerh realiza acompanhamento da operação dos Vales do Jaguaribe e Banabuiú

22 de julho de 2015

Com o objetivo de discutir a operação dos açudes Castanhão, Orós e Banabuiú, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) realizará, junto aos Comitês das Sub-Bacias Hidrográficas dos Vales do Jaguaribe e Banabuiú, a Reunião com a Comissão Provisória de Acompanhamento da Operação dos Vales do Jaguaribe e Banabuiú, no dia 23 de julho, em Limoeiro do Norte.
 
A Reunião é para mostrar o monitoramento das definições que foram tomadas no XXII Seminário de Alocação das Águas dos Vales do Jaguaribe e Banabuiú, no dia 2 de julho, até o momento. O gerente regional da Cogerh/Limoeiro do Norte, Almeida Chaves, afirma que na oportunidade será visto como a alocação de água está se comportando, assim como simulações e consumos dos trechos e perímetros irrigados.
 
Vale lembrar que na última reunião ficou definido que o açude Banabuiú não era possível disponibilizar água para irrigação, somente para abastecimento humano. Quanto ao açude Castanhão ficou decidido haver racionalização na irrigação para garantir água para a Região Metropolitana de Fortaleza e setor industrial, ou seja, abastecimento urbano que é prioritário. Atualmente, Fortaleza é abastecida por 6m³/s do Castanhão via Eixão das Águas; 3m³/s Castanhão via Canal do Trabalhador e 3m³/s Sistema Integrado de açudes da Região Metropolitana de Fortaleza (açudes: Pacajus, Pacoti, Richão e Gavião).

22.07.2015

Rafaele Esmeraldo Menezes
Assessora de Imprensa da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)
85 3218.7020 | 99694.6541
rafaele.esmeraldo@cogerh.com.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil