Hemoce: número de doações no primeiro dia de Halleluya já ultrapassa 2014

23 de julho de 2015

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará, já ultrapassa o ano de 2014 no número de doações voluntárias de sangue e cadastros de medula óssea (MO), somente no primeiro dia de Halleluya. Ao todo, 120 doações de sangue e 58 cadastros de MO foram realizados. A meta do Hemoce, este ano, é coletar 800 bolsas de sangue, batendo o recorde de doações durante o festival.

Parceiros há mais de uma década, o Hemoce e a Comunidade Católica Shalom, com o engajamento da equipe e o apoio dos fiéis e doadores, conseguiram transformar o festival Halleluya no evento mais solidário do Estado. A coordenadora da captação de doadores, Nágela Lima, está na expectativa para os próximos quatro dias de festa que ainda estão por vir, “Se o primeiro dia foi assim, estamos no caminho certo. Esperamos todos no stand do Hemoce e, podem ter certeza, muitas pessoas agradecem”, declarou Nágela.

Doadores do Halleluya

 alt

“Gostei muito de ver que o Hemoce está aqui no Halleluya. É a primeira vez que venho para a festa e poder doar foi uma bom para mim, que já sou doador há três anos”.

Mychael Militão, 27 anos.

alt

Sempre venho para o Halleluya e, ano passado eu tentei doar, mas tinha apenas 17 anos e não pude porque estava sem meus pais. Este ano, que já completei 18 anos, vim preparada para servir e ajudar outras pessoas com a minha doação. Acho uma ótima ideia o Hemoce sempre participar do festival, porque é uma boa oportunidade, para quem não tem tempo, de se tornar um doador”.

Beatriz Feitosa, 18 anos

alt 

“Eu não sabia que o Hemoce estaria aqui, mas ao passar e ver o stand, pensei que não custava nada. Hoje realizei minha primeira doação e tenho certeza que esta será a primeira de muitas”.

Carlos Henrique, 18 anos

alt

A minha rotina é muito corrida, então o Halleluya foi a minha chance de doar. Realizei minha primeira doação aqui em 2014 e estou novamente doando. Curto a festa e aproveito para viver e ser cristã através deste simples ato que não dói e ajuda várias pessoas: a doação de sangue”.

Jéssica Rodrigues, 24 anos

 O estande do Hemoce está disponível até o último dia do Festival Halleluya (26 de julho), das 19h às zero horas. Para ser um doador de sangue é preciso estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50 quilos, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos, para doar, precisam apresentar o termo de consentimento para menores, que está disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br) e no estande,  devidamente preenchido e assinado pelo responsável legal.

Para fazer o cadastro de medula óssea:
– Ter entre 18 e 55 anos
– Não ter tido câncer
– Apresentar um documento oficial com foto

23.07.2015

Assessoria de Imprensa do Hemoce
Luiza Dantas ( luiza.dantas@hemoce.gov.br )
asscom@hemoce.ce.gov.br- 3101.2308

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado – Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
 (85) 3466.4898