Escola Quilombola Luzia Maria da Conceição passa a integrar a estrutura da Seduc

4 de novembro de 2015

A Escola Quilombola Luzia Maria da Conceição, a primeira unidade de ensino quilombola da rede estadual cearense, localizada em Croatá, região da Ibiapaba, deixou de ser uma extensão e passa a funcionar, em 2015, como escola. Ao todo são atendidos 58 alunos, dos quais, 34 estão no 1º ano do Ensino Médio e 24 na Educação de Jovens e Adultos. A mudança foi possível a partir do Decreto Nº 31.811 de 3 de novembro de 2015, mês em que se comemora o dia na Nacional da Consciência Negra, comemorado no dia 20.

Com a medida, a escola passa a integrar a estrutura organizacional da Secretaria da Educação do Ceará. A unidade já dispõe de prédio adequado, no Sítio Três Irmãos, Distrito de Santa Tereza, com duas salas de aula, cantina e demais dependências administrativas. Trata-de uma escola inclusiva que respeita as diversidades e promove a equidade no padrão de acesso, nas condições de oferta e permanência e nos resultados de aprendizagem.

Entre os objetivos da unidade está o  fortalecimento da identidade étnico-racial. O coordenador pedagógico da escola, Carlos Gentil, considera sensível a iniciativa e comemora. “Para nós é uma verdadeira vitória. A estrutura foi construída pelo Estado e já beneficiava a comunidade, agora estamos nos sentindo vistos e mais vivos. O mês de novembro marca um período intenso para nós, tanto de luta como de comemorações alusivas à consciência negra e ganhamos mais espaço, mais força”, reforça.

Antes, a unidade ofertava uma turma de Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Médio, como extensão de matrícula da Escola de Ensino Médio Flávio Rodrigues, e uma turma de Educação Infantil, com alunos quilombolas, em cooperação com o Município.

Educação Escolar Quilombola

Compreende a Educação Básica em suas etapas e modalidades: Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação do Campo, Educação Profissional Técnica de nível médio, integrada com o Ensino Médio e destina-se ao atendimento das populações quilombola rurais e urbanas, bem como rurais em suas mais variadas formas de produção da vida cultural, social, política e econômica.

04.11.2015

Jacqueline Cavalcante
Assessora de Imprensa da Secretaria da Educação
85 3101.3972 | 98845.5185
jacquelinec@seduc.ce.gov.br

Ana Martins
Gestora de Célula/Monitoramento

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil / 85 3466.4898