Etice recebe visita do Instituto Federal do Maranhão

20 de novembro de 2015

A Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) recebeu, nesta quinta-feira (19), uma turma de 28 alunos do último semestre do curso Técnico de Redes do Instituto Federal do Maranhão acompanhados do professor de Segurança de Redes, Francélio da Silva Osório e da professora de Sistemas Distribuídos, Mayara Leal. Na visita, os estudantes observaram na prática o funcionamento de uma empresa de TI e do Cinturão Digital do Ceará (CDC), maior rede de fibras ópticas do estado, que foi apresentado ao grupo em palestra ministrada pelo gerente do Escritório de Gerenciamento de Projetos (Espro) do CDC, Sérgio Brito.

Após a apresentação inicial na sala de treinamento da Etice, os alunos foram divididos em três grupos para conhecer alguns setores importantes da empresa, como o Data Center que hospeda os servidores, softwares e dados de secretarias e órgãos do Governo do Estado, a sala de monitoramento do CDC, e a Torre (antena), que transmite o sinal de internet na cidade de Fortaleza através do WIMAX – Estações Rádio Base, uma tecnologia de conectividade sem fio para acesso à internet com mais agilidade. Essa tecnologia proporciona facilidades necessárias para o dia a dia, como transferência de dados, voz e vídeo, e a conexão entre escritórios por redes locais virtuais em áreas urbanas e interurbanas.

Segundo o professor Francélio, “o intuito das visitas técnicas é mostrar para os alunos a realidade de um sistema de comunicação dentro de um laboratório, mesmo sendo difícil simular isso, pois os alunos acabam recebendo apenas a teoria. Enquanto isso, novas tecnologias vão surgindo e para nós, no interior, elas chegam com um atraso de oito anos em média. Então, se nós levarmos esses técnicos para conhecerem essas tecnologias, o processo de conhecimento é acelerado e isso traz benefícios, pois eles já vão ter o conhecimento necessário para resolver pequenos problemas na comunidade”. Ele afirma ainda que visitar uma empresa do porte da Etice, serve também como incentivo necessário, para que esses alunos possam ter a certeza da área que querem seguir profissionalmente.

O aluno Mateus Gonçalves Bastos ressalta a importância de ampliar os conhecimentos na visita ao Ceará. “Eu resolvi fazer um curso nessa área por achar que ela me traria benefícios e me faria gostar mais. Na nossa região, as oportunidades são poucas e esse curso, dentre os outros, era o que me parecia mais promissor. Vir para Fortaleza e conhecer tanta coisa diferente que nós não temos acesso, foi muito bom para ampliar os conhecimentos adquiridos em sala de aula, uma experiência única, gostei de tudo que vi”. disse.

20.11.2015

Assessoria de Comunicação/Imprensa da Etice
Caio Albuquerque Pinheiro / 85 3101.6607

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br      / 85 3466.4898