Projeto ‘Viva o Centro Fortaleza’ promove maratona cultural quarta, sábado e domingo

12 de Abril de 2016

Após o grande sucesso do projeto no ano passado, a capital cearense recebe nesta semana, quarta-feira (13), sábado (16), e domingo (17), a primeira ação cultural do “Viva o Centro Fortaleza” em 2016: uma maratona de atividades culturais e artísticas, em diversos equipamentos públicos e privados, com entrada franca ou ingressos populares para quase todas as atrações, em um grande convite para a população vivenciar o Centro por meio da arte. Pela primeira vez o “Viva o Centro Fortaleza”, antes com atividades concentradas aos sábados, acontece em três dias de atividades, ampliando o esforço coletivo para maior visibilidade e presença de público à programação no Centro de Fortaleza, de forma integrada entre espaços, entidades e equipamentos culturais da sociedade civil, da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), além de coletivos culturais e vários outros participantes.

RVIVA O CENTRO - Centro Cultural Banco do NordesteO Viva o Centro Fortaleza é uma realização colaborativa entre a Associação dos Guias Turísticos (Agir); Associação dos Produtores do Ceará (Prodisc); Café Passeio; Casa Fora do Eixo Nordeste; Centro Cultural do Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB); Centro Cultural do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE); Espaço Cultural Correios; Espaço Cultural Escritório Poeta Mário Gomes; Feira de Cordel; Instituto Cultural Anima; Museu da Indústria/SESI/FIEC; Programa Fortaleza a Pé; Secretaria Regional do Centro de Fortaleza (Sercefor); Salão das Ilusões; 10ª Região Militar e Secretaria Estadual de Cultura, por meio de seus equipamentos Cine Teatro São Luiz Fortaleza; Biblioteca Pública Espaço Estação; Museu do Ceará; Sobrado Dr. José Lourenço; Theatro José de Alencar; Teatro Carlos Câmara e Casa de Juvenal Galeno.

RVIVA O CENTRO - Cineteatro São LuizO projeto tem como objetivo a valorização do Centro sob o aspecto cultural, promovendo uma melhor qualificação do uso e preservação de seus espaços públicos e privados. A iniciativa visa à realização de ações mensais, com programação articulada entre os museus, teatros e diversos outros equipamentos culturais existentes no bairro, além dos mais diferentes espaços de fruição cultural, durante todo o dia com atividades diversificadas.

RVIVA O CENTRO - Feira de CordelCada entidade envolvida faz sua programação e se articula com as demais para montar um programa integrado, estimulando o público a permanecer no Centro, participando das múltiplas atividades oferecidas. Trata-se também de um convite a um outro olhar sobre o Centro de Fortaleza, bairro onde se localizam diversos equipamentos culturais com programação permanente. O “Viva o Centro Fortaleza” reforça a variedade desse cardápio cultural acessível a todos e trabalha conceitos como os de direito à cidade, ocupação e integração dos espaços públicos e privados, valorização da produção artística cearense e pleno exercício dos direitos culturais.

RIMG 5420Com esse trabalho, o “Viva o Centro Fortaleza” pretende chamar a atenção da sociedade para o Centro da capital, contribuindo em um processo de transformação do bairro, ocupação em diversos horários e com variadas finalidades, superação de problemas e dificuldades incompatíveis com a envergadura e importância que o Centro ocupa como patrimônio cultural de nossa cidade.

Integrado por cidadãos, entidades da sociedade civil, coletivos culturais, representantes do poder público e equipamentos culturais situados na região central de Fortaleza, o movimento tem promovido reuniões regulares desde maio de 2015, tendo realizado a primeira edição do projeto no dia 23 daquele mês.

Viva o Centro: confira a programação dos dias 13, 16 e 17 de abril

A programação desta edição inclui uma maratona de atividades culturais, começando na quarta-feira (13), às 8h da manhã, horário de saída da caminhada cultural do projeto “Fortaleza a Pé”, edição especial pelos 290 anos de Fortaleza, partindo da Praça do Ferreira e chegando ao Passeio Público, visitando diversos espaços do Centro. Também na quarta-feira o Cineteatro São Luiz apresenta a mostra especial de filmes intitulada “Cinema e Cidade”, com obras que refletem sobre a relação dos cidadãos com grandes espaços urbanos. Ingressos populares: R$ 6 (meia a R$ 3).

No sábado (16), acontece o auge da programação desta edição do Viva o Centro, com um grande percurso cultural por vários espaços do bairro ao longo de todo o dia. Começando às 9h no Cineteatro São Luiz, com a mostra Cinema da Terra – III Jornada Universitária da Reforma Agrária, da UFC, e no Sobrado José Lourenço, com as exposições “Afetos Urbanos”, de fotografias do Centro de Fortaleza, e “Not welcome”, de artistas alemães e austríacos que produziram suas obras em visita à capital cearense.

Às 10h acontece o projeto Centro Convida, no Museu da Indústria, com apresentação do projeto de graduação da arquiteta Bárbara Lins e Nascimento, sobre desenvolvimento sustentável no Centro de Fortaleza. Na Praça dos Leões, acontece a partir das 11h de sábado a feira Cultura de Rua – Viola, Hip Hop e Literatura de Cordel, promovendo encontros entre cordelistas, repentistas e rappers. 12h30 tem chorinho com Macaúba e Sardinha no Passeio Público. 13h tem caminhada cultural pelo centro histórico, saindo do Centro Cultural Banco do Nordeste.

Às 15h de sábado tem teatro infantil, com “O Menino e o Mundo” apresentado pelo grupo Alumiar Cenas e Cirandas, também no CCBN. Às 16h o Theatro José de Alencar apresenta no foyer o espetáculo “Dona Flor – Amor em Três”, com ingressos a R$ 4 (meia a R$ 2). No mesmo horário o Trenzinho da História sai do Centro Cultural Banco do Nordeste, levando o público para passeio.

Às 16h20 a Casa Fora do Eixo Nordeste/Prodisc promove a “Rebordosa da Cidade”, na Praça dos Leões, com ingresso a R$ 5,00 dando direito a uma cartela de bingo, para “disputa” de “prendas picarescas”. Também na praça, às 18h, o grupo As Catirinas apresentam o espetáculo “Cante lá que eu canto cá”. Às 19h tem teatro em dose dupla, com peças no Theatro José de Alencar e no Centro Cultural Banco do Nordeste.

No domingo, o Viva o Centro tem como destaque uma programação especialmente dedicada às crianças: a sessão sonora “O Menino e a Cidade”, com apresentação do Grupo Garajal de Teatro, do aclamado filme de animação “O Menino e o Mundo” e show do renomado grupo Barbatuques, de São Paulo, internacionalmente destacado, mostrando seu espetáculo destinado ao público infantil. Ingressos: R$ 20 (meia a R$ 10).

SERVIÇO:

“Viva o Centro Fortaleza”. Dias 13, 16 e 17 de abril, em diversos espaços do Centro de Fortaleza. A maior parte da programação tem entrada franca ou ingressos populares. Contatos: programacaovivaocentro@gmail.com 85. 3101-6761 / 3262-5011.

12.04.2016

Assessoria de Imprensa da Secult
98699-6524 – Dalwton Moura

Assinatura coornenadoria matérias