Telessaúde promove web palestra sobre animais peçonhentos

12 de julho de 2016

Para qualificar a atenção aos acidentes por animais peçonhentos nos serviços de saúde, a Secretaria da Saúde do Estado promoverá nesta quarta-feira (13), a partir das 14 horas, web palestra com sua equipe de vigilância em saúde. A transmissão das palestras será feita através do telessaúde, que permite a preparação e atualização de profissionais à distância, com uso de tecnologias de informação e comunicação. Pela web conferência, por meio de som e imagens, os palestrantes se comunicarão com os profissionais de saúde dos municípios de todas regiões do Estado. Além da exposição das palestrantes, haverá interação entre os participantes por meio de perguntas e respostas. Para participar da web conferência basta ir ao endereço http://webconf2.rnp.br/rutehuwcufc.

O Ceará registra este ano 1.869 acidentes por animais peçonhentos, com três vítimas fatais até o início do mês de julho. Em todo o ano passado foram 3.976 acidentes registrados. Durante todos os dias do ano é preciso ter cuidado com os animais peçonhentos. Em julho, período das férias escolares, da exploração de trilhas, da poda do cajueiro e, também, do acasalamento e reprodução das cobras, os cuidados devem ser redobrados. Há registros de acidentes com animais peçonhentos em municípios das diferentes regiões do Estado, o que mostra que os perigos ocorrem indistintamente em ambiente urbano, no sertão, nas serras e no litoral. A melhor forma de evitar os acidentes com cobras, escorpiões, aranhas e outros bichos peçonhentos é a prevenção.

Os animais peçonhentos gostam de ambientes quentes e úmidos e são encontradas em matas fechadas, trilhas, próximo a residências com lixo acumulado, onde proliferam os ratos, dentro das casas, onde entram para se aquecer e procurar alimento, e se tornam agressivas durante a poda do cajueiro, que acontece nessa época do ano. Os trabalhadores do campo devem sempre utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs), como botas ou perneiras, evitar colocar as mãos em tocas, montes de lenha, folhas e cupinzeiros.

A melhor forma de evitar acidentes é adotar medidas de prevenção. Por isso é fundamental manter a casa e a área ao redor limpas, uma vez que o lixo e entulhos podem servir de abrigo para muitos destes animais. Também é importante ficar atento à limpeza de armários, já que ambientes escuros e úmidos servem de esconderijos para aranhas e escorpiões. Vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros, meias-canas e rodapé, além de utilizar telas e vedantes em portas, janelas e ralos, são outras formas de evitar a presença dos animais peçonhentos. Moradores de área rural e trabalhadores da agricultura não podem deixar de usar luvas e botas ao entrar em matas ou plantações. A Secretaria da Saúde do Estado faz as seguintes recomendações para evitar acidentes com animais peçonhentos terrestres.

12.07.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Assinatura coornenadoria matérias