Governo do Ceará inaugura equipamentos no Complexo Industrial e Portuário do Pecém

22 de agosto de 2016

A correia será utilizada para transportar minério de ferro e outros granéis sólidos de alta densidade do terminal portuário às empresas do complexo

r MG 0257O Governo do Ceará realizou, nesta segunda-feira (22), a inauguração do descarregador de minério de ferro e iniciou o funcionamento da correia transportadora do Porto do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Fortaleza. “Hoje é mais um dia histórico para todo o povo do Ceará. O Governo do Estado tem investido mais de um bilhão de reais em obras para modernização e ampliação do porto do Pecém. Nesses equipamentos, foram investidos não só recursos financeiros, mas principalmente humanos. Isso tudo por entendermos que essa é uma das áreas de maiores vocações do Estado. Não deixamos nada a desejar a qualquer porto de alto nível de cargas do mundo”, destacou o governador Camilo Santana durante a inauguração dos dois equipamentos vão atender o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), especialmente a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

JW8323 webA correia será utilizada para transportar minério de ferro e outros granéis sólidos de alta densidade do terminal portuário às empresas do complexo. O equipamento parte do berço externo do Terminal de Granéis Sólidos do porto até o ponto de entrega (Torre de Transferência), onde as empresas que utilizarão o insumo farão o transporte aos seus pátios de matérias-primas. O investimento do Governo do Ceará, através da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), é de R$ 212 milhões.

WEB 160822 PORTO PECEM MG 0374Para Danilo Serpa, presidente da Cearáportos, o momento é de realização de um sonho de um Ceará de grandes investimentos. “Temos o orgulho de participar de mais um momento que entra para a história do Estado. Com o início das exportações das placas de aço produzidas no Porto, além dos novos maquinários, inicia-se agora um novo ciclo de desenvolvimento para o Ceará. As inaugurações vão contribuir para avanços que impactarão nos potenciais econômicos e sociais para toda esta região e para o Estado. Daqui, nesta primeira remessa, as placas de aço sairão para Turquia, Itália e Marrocos”, ressaltou.

Mais investimentos

JW7932 webO Governo do Ceará também é responsável pela instalação do Descarregador de Minério. Pesando cerca de 2 mil toneladas e com 40 metros de altura, o descarregador de minério de ferro já está no porto. O equipamento, tem valor estimado em R$ 60 milhões e funciona de forma contínua utilizando a tecnologia de elevador de canecas (do tipo bota), o que evitará o derramamento e a emissão de particulados ao meio ambiente durante a descarga de navios. Ele vai operar sobre trilhos e tem capacidade nominal de descarregar até 2.400 toneladas/hora de minério de ferro.

Berços, ponte e quebra-mar

A implantação dos berços de atracação 7, 8 e 9 do Terminal do Múltiplo Uso (TMUT) vai permitir a movimentação das placas da siderúrgica. Já a construção da segunda ponte de acesso fará a ligação entre o litoral, na região frontal ao Pátio de Cargas. Também está sendo construído o quebra-mar nordeste, que vai JW7896 webpermitir o tráfego de caminhões especiais que utilizam o volume máximo de carga. As obras fazem parte da segunda expansão do TMUT e estão com cerca de 80% de conclusão, com previsão de entrega para junho de 2017.

Segundo o secretário André Facó, da Infraestrutura, esse é mais um investimento que mudará o ritmo da economia e a qualidade de vida dos cearenses. “Este equipamento é um exemplo de plano de Estado. É uma infraestrutura que começou há mais de 20 anos e vem dando frutos. Ou seja, daqui teremos mais desenvolvimento econômico e melhoria da qualidade de vida de muitos cearenses. A nossa estrutura portuária põe o nosso Estado em destaque no mundo. Por isso, buscamos ser eficazes, modernos, atrativos, transformando o Ceará em um Estado em que todos desejam estar”, salientou o secretário.

Carregadores de Placas

160822 PORTO PECEM MG 0598 webOs carregadores de placas são equipamentos destinados ao carregamento dos navios de exportação das placas que serão produzidas pela CSP e outras cargas no TMUT do Porto do Pecém. No Complexo, há quatro, no valor de R$117,9 milhões. São equipamentos nacionais, produzidos em Guarulhos e Sorocaba pela empresa Bardella. A fabricação foi concluída, já tendo sido transportados os primeiros componentes para o Pecém.

Rodovias

O Departamento Estadual de Rodovias está à frente da construção da rodovia CE-576, conhecida como Rodovia das Placas, considerada essencial para o movimento de caminhões pesados que transportarão as placas da siderúrgica até o porto, e da duplicação da CE-155, que corresponde a oito quilômetros do trecho Porto do Pecém – entroncamento da CE-155 (CIPP).

O governador acompanhou o embarque das placas de aço produzidas no Ceará, ressaltando os investimentos feitos em todo o CIPP. “Antes, existia apenas um berço no Complexo. Agora, já estamos construindo mais três berços, aumentando a infraestrutura portuária e atendendo mais empresas que queiram investir em nosso Estado. Uma nova ponte de acesso ao porto já está sendo construída, devendo estar pronta no ano que vem, além de uma rodovia para aguentar 40 toneladas de caminhões com de placas de aço e a duplicação da CE-155 – que liga a BR-222 até o Porto do Pecém. São investimentos do BNDES, com a parceria do Estado, que concretizam um sonho de décadas. Com isso, queremos transformar nosso Complexo em um HUB de grandes cargas de navios referência em todo Nordeste”, concluiu Camilo Santana.

r MG 0232

22.08.2016

Wilame Januário
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: José Wagner e Carlos Gibaja


Expediente imprensa2-01