Hospital de Messejana capacita profissionais do Brasil para transplante de coração

4 de novembro de 2016

Já estão em Fortaleza os 60 profissionais de saúde de cinco hospitais do Brasil, selecionados pelo Ministério da Saúde, para participar do Projeto de Tutoria em Transplante Cardíaco do Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes. Eles irão receber aulas teóricas e práticas sobre técnicas de transplantes de coração e implante de coração artificial.

O projeto, iniciado em dezembro de 2015, é resultado de convênio entre o Ministério e a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). A iniciativa tem duração de dois anos e conta com orçamento de R$ 4,5 milhões assegurado, recurso federal que envolve contrapartida do governo do Estado.

Esta etapa do projeto contará com aulas presenciais que acontecerão nos auditórios e no Centro de Pesquisa Experimental do Hospital de Messejana, até o dia 9 de novembro. Além do contato com os profissionais de saúde da Instituição, considerada referência nacional em transplantes de coração e pulmão, os alunos da Tutoria vão ter aulas com professores de outros grandes centros transplantadores do mundo.

banner_hm_frente
Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM)

Este módulo, que é o sétimo, contará com a participação do cirurgião cardiovascular Peter Zilla, da África do Sul, no dia 5 de novembro de 2016. Ele irá apresentar palestra sobre a experiência da África do Sul com os transplantes cardíacos, já que foi lá, na Cidade do Cabo, que foi realizado o primeiro transplante de coração do mundo.

Simulações de cirurgia

Nesta etapa do Projeto de Tutoria os alunos terão aulas práticas de cirurgia de técnicas de transplantes que irão acontecer no Centro de Pesquisa Experimental (Cenpex)  do Hospital de Messejana. Uma parte dos alunos, médicos e enfermeiros, irá participar do Workshop dentro de um centro cirúrgico onde serão feitas simulações de cirurgias de transplantes e implantes de coração artificial.

“Os 60 alunos da tutoria que estão sendo treinados pelo Hospital de Messejana vão, num futuro próximo, colaborar na implantação de novos serviços de transplantes cardíacos em seus estados, melhorando assim o Sistema Nacional de Transplantes (SNT)”, explica o diretor do Projeto, o cirurgião cardiovascular Juan Mejía.

Dentre os participantes do projeto de Tutoria em Transplante Cardíaco do Hospital de Messejana, estão profissionais de diversas especialidades, como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais. Serão treinados para realizar o transplante de coração, profissionais de cinco grandes hospitais brasileiros: Hospital Ana Nery (Salvador, Bahia); Hospital Universitário de São Luís (Maranhão); Hospital Meridional de Vitória, Espírito Santo; Hospital dos Servidores Federais do Rio de Janeiro e o Hospital do Coração de Natal (RN). Trinta profissionais do Hospital de Messejana estão envolvidos na realização do curso.

04.11.2016

Stella Magalhães
Assessoria de Comunicação do Hospital de Messejana
(85) 3101-4092

Expediente imprensa 10out-01