Sesa capacita servidores do Governo do Ceará para o combate ao Aedes Aegypti

10 de março de 2017 # # # #

WEB  ARI1546

O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika e a Secretaria da Saúde (Sesa) realizaram, na tarde desta sexta-feira (10), a Capacitação de Brigadistas no Combate ao Aedes Aegypti com servidores do Palácio da Abolição e da Residência Oficial do Governador. A iniciativa faz parte do trabalho de formação de agentes multiplicadores para o enfrentamento ao mosquito transmissor das doenças.

Durante o evento, 12 servidores da sede do Governo do Ceará receberam palestras, participaram de atividades educativas e de roda de conversa para esclarecimento de dúvidas acerca do tema.

Segundo o coordenador do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika, Caio Cavalcanti, a iniciativa de colocar adiante as brigadas dentro dos órgãos públicos é uma ação efetiva no confronto às viroses proliferadas pelo Aedes Aegypti.

“As brigadas estão sendo formadas por funcionários dos prédios públicos estaduais, que encorporam no seu trabalho semanal essa ação de inspeção e vistoria de todo o prédio, de modo a eliminar possíveis criadouros e focos do mosquito, deixando assim o local livre do Aedes e das doenças, protegendo a todos que frequentam aquele ambiente. É uma ação de cidadania, que o servidor público, dentro de sua função, atua ativamente como protagonista para proteger a coletividade”, explicou.

De acordo com dados do Comtiê, mais de 3.500 brigadistas já foram capacitados no Estado do Ceará. Essas capacitações estão ocorrendo nos órgãos públicos, mas já se estendem para empresas privadas e comunidades. O Governo do Ceará é pioneiro na elaboração de brigadas nos órgãos públicos estaduais.

Auxiliar-técnica da Residência Oficial, Cidene Evanúzia, de 48 anos, confessa que sabia o básico sobre prevenção contra dengue, zika e chikungunya. Porém, com o treinamento recebido nesta sexta-feira, garante que o seu zelo para combater o mosquito foi otimizado. Vai levar a prática à risca no seu dia a dia de trabalho no Governo do Ceará, ajudando os companheiros brigadistas a evitar os focos de doença nas instalações públicas.

“Eu já conhecia alguma coisa de prevenção, mas agora sei de forma mais profunda. Foi esclarecida muita coisa sobre como evitar que o mosquito se prolifere e as formas de identificar os focos. Então, a partir de agora, o combate vai melhorar”, sorri.

10.03.2017

André Victor Rodrigues
Repórter / Célula de reportagem

Foto: Ariel Gomes / Governo do Ceará

Expediente imprensa 09jan 2017-01