Conferências Macrorregionais de Promoção da Igualdade Racial chegam ao Sertão Central, Sertão do Cariri e Centro Sul

31 de julho de 2017 # #

Ana Carolina Carvalho Gabinete do governador Fotos: Max Marduque / Governo do Ceará

Conferências Macrorregionais de Promoção da Igualdade Racial

Este é o ano de conferências para a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a promoção da Igualdade Racial do Gabinete do Governador do Ceará que, em conjunto com o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Coepir) e em parceria com as Prefeituras Municipais, está realizando as conferências Macrorregionais.

As Conferências já aconteceram no Maciço de Baturité, em Redenção (23/03); na Grande Fortaleza, em Caucaia (10/06); na Região Norte, em Sobral (26/05), e no Sertão de Canindé, em Caridade 29/06.

As próximas Conferências estão agendadas para agosto em Quixadá (24) e no Crato (31). A previsão é que a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial seja realizada nos dias 11 e 12 de novembro.

Para a coordenadora Especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial do Ceará, Zelma Madeira o processo de conferência tem grande importância na luta como reconhecimento identitário, acesso à justiça, como forma de pensar em um modelo de desenvolvimento sustentável para segmentos que foram descriminados, tais como: população negra, ciganos, indígenas e quilombolas.

 

Zelma Madeira

“Esse momento tem sido oportuno para ouvir sociedade civil e Estado. É um espaço para proposições. Convidamos as pessoas para vir até nós, nos ouvir, falar, propor políticas sociais, universais, específicas para esses segmentos dentro das propostas. A cada dia percebemos o aprimoramento das propostas do acesso à justiça. Convivemos com muito racismo institucional e muitas propostas têm se encaminhado para o entendimento do racismo estrutural, institucional; de que forma nós podemos enfrentar”, destacou.

Zelma ressalta ainda que há interesse e luta para consolidar uma sociedade democrática verdadeiramente em termos raciais. “Estamos articulando os 184 municípios, valorizando os que já tem Conselho, estimulando os que não tem. Estamos bem mais próximos de todo o Estado falando da necessidade das políticas públicas para a consolidação dos planos. Nosso interesse é fazer esse debate dentro do Ceará para ver de que forma que o Estado, dentro de suas riquezas, dentro da sua pluralidade étnica, pode estar apontado saída para uma vida melhor, para o enfrentamento ao racismo institucional, estrutural, como um todo e a melhoria da vida das pessoas que precisam que ter seu reconhecimento identitário realizado e efetivado. Estamos buscando operar a transversalidade das políticas públicas junto a outras políticas setoriais. Esse é o resultado maior que estamos tendo nesse ano de 2017”, concluiu.

 

Conferências Macrorregionais de Promoção da Igualdade Racial

Conferências Macrorregionais:

As Conferências Macrorregionais de Promoção da Igualdade Racial tem como tema “Ceará da Igualdade Racial: Reconhecimento, Justiça, e Desenvolvimento na Década dos Afrodescendentes” e é uma realização em conjunto com o Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Coepir) e em parceria com entidades municipais.

O objetivo é reafirmar e ampliar o compromisso do Governo e da sociedade civil cearense com políticas públicas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade racial como fatores essenciais à democracia plena, por meio do reconhecimento, acesso à justiça e desenvolvimento, bem como conferir as ações voltadas a Promoção da Igualdade Racial nos anos anteriores e construir propostas que serão levadas a IV Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial.