Assessoria Especial de Acolhimento dos Movimentos Sociais

 

A Assessoria Especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais foi criada em 2015, pelo governador Camilo Sobreira de Santana, visando garantir um diálogo permanente com os mais diversos movimentos sociais, sindicais e afins, que buscam respostas aos seus pleitos no Poder Executivo.

 

Atribuições

 

O agendamento e coordenação de audiências e quaisquer outras missões ou atividades determinadas pelo Chefe do Poder Executivo;

Assessorar o Governo do Estado em assuntos de natureza parlamentar e federativa referentes à temática de movimentos sociais e participação social, além de acompanhar a tramitação de proposições legislativas relacionadas à temática dos mesmos;

Coordenar e articular as relações políticas do Governo com os diferentes segmentos da sociedade civil;

Propor e apoiar novos instrumentos de participação social;

Cooperar com os movimentos sociais na articulação das agendas e ações que fomentem o diálogo e a participação social, até encaminhar aos órgãos governamentais competentes as demandas sociais que lhes sejam apresentadas, bem como monitorar a sua apreciação.