Coordenadoria Especial de
Políticas Públicas de Juventude

A Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude foi criada em 2007 com o objetivo de articular a execução de políticas públicas de juventude com as demais áreas do governo, de realizar projetos e programas para o público jovem e de inserir a sociedade civil na construção das políticas públicas no Ceará.

 

Atribuições

• Consolidar as políticas de juventude no Ceará, através da criação e do fortalecimento de mecanismos de participação política e de controle social no âmbito estadual e municipal;

• Articular junto às demais secretarias do governo, políticas para o público jovem como estratégia de garantia dos direitos do segmento juvenil, articulando diálogo intersetorial, controle social e execução de ações e projetos para os jovens.

 

Projetos e Ações

 

Em Andamento

 

Projovem Campo (término em julho);

Casas da Juventude (fase de captação de recursos);

Portal da Juventude (lançamento do portal com previsão para o segundo semestre);

Projeto Saraus da Juventude (previsão para o segundo semestre);

Estação da Juventude (não se tem previsão);

Festival da Juventude (em fase de captação de recursos, previsão para 2018);

Compartilha.CE (previsão para o segundo semestre);

Escola Estadual de Formação em Redução de Danos (previsão para o segundo semestre);

Juventude no Projeto São José (previsão para o segundo semestre).

 

Realizados

 

3ª Conferência Estadual de Juventude (2015);

Fóruns Regionais de Juventude (2016, outros previstos para 2017);

Projovem Urbano (formaturas em 2016);

Convergência (2017);

EJA Qualificação Profissional (Início em 2017, mas os jovens estão sendo formados);

I Caravana de Combate à Violência Contra a Mulher (Algumas etapas já realizadas em 2017, outras ainda acontecerão);

Escola Estadual de Gestores em Políticas Públicas de Juventude (Formação com os gestores desde 2015, outras ainda acontecerão);

Virada Cultural da Juventude (2015);

Ocupa na Paz (Edital lançado em 2017);

Juventude e Economia Criativa nas Mídias Digitais (2016);

10ª Bienal da UNE (2017).