Políticas Públicas para as Mulheres

English version

English version

A Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para as Mulheres, órgão vinculado a estrutura organizacional do Gabinete do Governador, criada em março de 2010 através da Lei Nº 14.639, tem a missão institucional de garantir o acesso às políticas públicas de proteção e enfrentamento às diversas formas de violências contra a mulher, por meio de ações estratégicas em prol da criação e fortalecimento de organismos governamentais, ampliação da rede de atendimento e interiorização das políticas de gênero, com foco no empoderamento e emancipação da mulher cearense.

Projetos e Ações

 

Projeto de Implementação e Manutenção da Casa da Mulher Brasileira de Fortaleza

Ceará. Casa da Mulher Brasileira é uma inovação no atendimento humanizado às mulheres. Integra no mesmo espaço serviços especializados para os mais diversos tipos de violência contra as mulheres: acolhimento e triagem; apoio psicossocial; delegacia; Juizado; Ministério Público, Defensoria Pública; promoção de autonomia econômica; cuidado das crianças – brinquedoteca; alojamento de passagem e central de transportes. A Casa facilita o acesso aos serviços especializados para garantir condições de enfrentamento da violência, o empoderamento da mulher e sua autonomia econômica. É um passo definitivo do Estado para o reconhecimento do direito das mulheres viverem sem violência.

Reestruturação do Conselho Cearense dos Direitos da Mulher (CCDM)

As unidades móveis são ônibus especialmente adaptados que levam serviços especializados da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência ao campo, floresta e águas. Esses serviços incluem prevenção, assistência, apuração, investigação e enquadramento legal. As unidades também têm função educativa, com a promoção de palestras e esclarecimentos sobre a Lei Maria da Penha e sua aplicação. O Estado do Ceará tem 02 (duas) Unidades em plena atividade.

Realização da Campanha 16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

De 20 de novembro a 10 de dezembro. Com diversas parcerias, a Coordenadoria da Mulher realiza ações que visem reafirmar seu posicionamento contra toda forma de preconceito, discriminação e opressão, incorporando a Campanha dos 16 dias de ativismo na agenda do Estado, chamando a atenção e engajando apoio no enfrentamento à violência.

Campanha “Interiorizando as Políticas de Gênero”

Com viagens e articulações em municípios do Estado do Ceará, cujo objetivo é ampliar e fortalecer a Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência no interior do Estado do Ceará.

Ampliação de fortalecimento dos Conselhos Municipais de Direitos da Mulher.

Realização da 3ª e 4ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres.

Cursos de Formação para Gestoras, Parlamentares e Conselheiras do Conselho Cearense dos Direitos da Mulher;

Realização de fóruns, articulação, palestras, mesas de debate e rodas de conversa em diversos municípios do
Estado do Ceará;

Coordenadora - Mulheres

Camila Silveira

Camila da Silva Silveira é militante feminista desde o movimento estudantil, com ênfase na luta pelos direitos das mulheres e juventude. Com experiência na gestão pública, coordenadou a implantação da Rede Cuca no município de Fortaleza. Assumiu a coordenadoria em janeiro de 2015, tendo como marca de sua personalidade o diálogo, o trabalho e o compromisso com a gestão pública de qualidade.

Compartilhar Mais