Ceará das

Oportunidades


Os desafios da economia estadual estão na base do Ceará de Oportunidades. Este eixo contempla as políticas governamentais direcionadas aos desafios do crescimento econômico, sob a perspectiva do fomento ao crescimento com desenvolvimento territorial, e das geração e reprodução do emprego, trabalho emancipado, renda e riqueza. Seu objetivo central consiste no desenvolvimento econômico sustentável, solidário e competitivo alcançado nos espaços rurais e urbanos, considerando as identidades dos territórios cearenses.

 

Este eixo contribui para atingir o patamar de ampliação do desenvolvimento econômico com inclusão social. E, com isso, elevar a participação do Ceará no bolo da economia nacional. Hoje, o Estado possui cerca de 4,5% da população brasileira para uma participação econômica de apenas 2,2%. O atrelamento do crescimento econômico ao desenvolvimento territorial é a estratégia para assegurar equidade social regional.

Mais uma variável importante, o investimento, vem sendo um fator-chave no processo de crescimento econômico do Ceará. Por meio da aplicação de recursos, o governo estadual vem conseguindo impulsionar a geração de emprego, renda e riqueza em todo o tecido social, contribuindo para a extensão da trenda e geração de postos de trabalho.

 

Com foco neste propósito, as ações do Governo do Ceará organizam-se dos seguintes temas estratégicos: Agricultura Familiar e Agronegócio; Empreendedorismo, Indústria, Infraestrutura e Mobilidade; Pesca e Aquicultura; Requalificação Urbana; Serviços, Trabalho e Renda; e Turismo.

 

O movimento de avanço da economia do Ceará faz o sentido inverso do resto do País. Mantendo o seu patamar de investimentos, apesar da crise financeira do País, o Ceará vem consolidando sua tendência de aumento da sua parcela de participação da economia do Estado em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.